Login do usuário

Aramis

Livro de Visitas

Utilize este espaço para dar a sua opinião sobre o nosso projeto e sobre este site. Caso queira falar sobre algum tema específico abordado nos textos publicados, sugerimos que escreva seu comentário no próprio artigo, assim mais pessoas poderão trocar idéias e informações a respeito. Obrigado pela sua visita, ela é fundamental para a continuidade do nosso trabalho !

Adicionar mensagem no Livro de Visitas

CAPTCHA
Esta questão é para verificar se você é um humano e para prevenir dos spams automáticos.
Image CAPTCHA
Digite os caracteres que aparecem na imagem.
daniel assis

gostaria de saber se vcs tem alguma materia sobre uma chamada "chacina em Cornélio Procópio", quando em 1963 foi preso um andarilho, estrupador de uma criança sendo o pivô de tudo, onde a população se confrontou com a policia tentando linchar o estrupador. Até o momento saõ poucas as informações.

daniel antonio de assis

Descobri o tabloide digital e fiquei muito contente em poder rememorar alguns artigos do passado, principalmente sobre buckman(saxofonista que viveu nos idos de 50 em Cornélio Procópio) e o fogueteiro Aguinaldo(estive presente no lançamento de sue foguete no TG de C. Procópio) Parabéns.

gilcileia

Preciso de uma reportagem datada de 07/10/2006, no Estadinho. O título da reportagem foi "Batalhão do bem."

Guilherme Lacerda

Sou filho de Luciano Lacerda, e gostaria de parabenizar os organizadores desta página. Além de grande amigo e colaborador do Aramis Millarch, meu pai dedicou toda a sua vida à pesquisa sobre MPB.

Parabens. Guilherme

Aline

Olá, adorei o seu site!

Viviane Ilha

em mais um dia de passeio na internet encontrei o tablóide digital, que achei uma maravilha.
a equipe está de parabéns pelo trabalho na preservação da memória de MIllarch. Virei outras vezes com certeza.

André Setaro

Aramis Millarch, pelo que estou a ler neste site que preserva os seus escritos e a sua memória, foi um grande crítico de cinema. Voltarei sempre para ler a imensidão que falta.

pontoeze

Muito bom. Vou recomendar.

Rita Cassia Martins

Adorei encontrar este artigo sobre o III Festival de Música de Pato Branco no qual fui a vencedora com a canção Maria Bethânia.
ABRAÇO

Manfred Matos

Bela iniciativa. Se eu ainda morasse em ctba, ajudaria com certeza ;-)
Manfred F. Matos

Luciana Moura

Parabéns pela iniciativa de levar a integência de um jornalista de grande cultura para as pessoas que como eu não o conhecia, Obrigada! se entedesse de revisão de artigos, com certeza ajudaria vocês, mas com uma revisora como eu os textos perderiam sua essencia.
Desejo toda a sorte do mundo e muito sucesso. Beijos

orlando azevedo

Ainda me parece que tudo foi ontem
Tudo tão presente e visceral
Um trabalho e obra invulgar a quem todos de minha geraçãomuito devemos
Somos todos parte do grande Aramis, eterno apaixonado pelo que fazia e sabia como ninguém
Nestes dias de de velocidade onde o vale tudo impera,cada vez mais a ausência de Aramis se torna presente
Comprava-se o estado do Paraná para ler as informações e comentários do Aramis
Absolutamente insubstituivel
Privilégio ter participado de seu convívio e amizade
Francisco e cia todos estão de parabéns
Asim nossa história e memória traça sua página e sua pátina numa fonte de consulta única desta Curitiba que veste nosso hábito,muitas vezes,com o hálito morto do esquecimento , da inveja e do desdém.

Orlando Azevedo

Edson Eduardo

Ola, sou um amante de gibis e revistas em quadrinos, e muito bom ter pessoas como você escrevendo artigos e dando dicas relacionadas a este tipo de leitura, que pessoas acham inútil.

Daniel Saks

Muito útil e ótima fonte de pesquisa este acervo, conheci Aramis pouco antes de sua morte, mas não conhecia seu trabalho por ser novo no Paraná, na época.

Uma vez no jornal fiquei preocupado por uma entrevista do filho de Aramis que falava sobre não ter destino para o acervo, fico contente que facilitaram o acesso para todos internautas.

Visitarei constantemente.

Sérgio Terres Viana

Buenas gauchada amiga!
Essa associação dos festivais caíu como uma luva para o fortalecimento desses eventos!
Parabéns a criadores dessa idéia!
Olha aproveitando a oportunidade queria receber fichas de inscrições e regulamentos dos festivais.
Grato pela a atenção!
Baita abraço!

renato contreras

nota 10

KARINA POLI

Vc conhece um dos ganhadores do Projeto Pixinguinha 2008 - Prêmio Produção. Agora o projeto mudou de formato e passou a priorizar produções inéditas. Nessa descobrimos coisas. Esse é um músico que a 30 anos acompanha grande chorões e agora se revela como compositor. É choro contemporêneo, veja o que o Luis Nassif escreveu e escute as músicas no blog dele: http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/01/21/trivial-de-ze-barbeiro/
Se gostar ajude a divulgar esse nome. O disco sairá em abril com o título segura a bucha. Vale a pena conhecer.

Glauco Cerejo

Sou músico (sax) e deficiente visual. Gostaria de entrar em contato com o Roberto Muggiati, sobre o seu livro Improvisando Soluções. Preciso da autorização dele para disponibilizá-lo para outros leitores cegos como eu. Obrigado.

Glauco Cerejo

Sou m

Eyrimar Fabiano Bortot

Excelente. A música paranaense, e por que não curitibana, somente tem essa dimensão porque ele se fez presente. Eu, ainda garoto, vivendo o mundo de Escola de Samba de periferia, lia as crônicas do Aramis e profundamente vejo que até o Carnaval Curitibano, perdeu o seu encanto devido a falta do seu empenho. Mas lembro muito que ele fez foi por entender que há uma Curitiba e um Paraná, hibrido, formado pela complexidade dos elementos culturais que aqui se fixaram, o que ele fez pelo carnaval não sai da minha memória.

© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br